Make your own free website on Tripod.com

Taba de Oxossi Caçador

Taba | A Criação | O Culto no Brasil | Os Orisás | Toques | Cantos | Ervas - Ewé | Comidas de Orisa | Contato com o Orisá | Aprenda Yoruba | Temas Interessantes | Tire suas dúvidas | Dicas Naturais

Os Orisás

grupoafro.jpg

Quem são os Orisás?
 
Os Orisás são filhos e mensageiros de Olodumare, o Deus supremo e único, e só nos comunicamos com Deus através deles. Todos possuem lendas, em que eram pessoas poderosas que se transformaram em deuses, porém com as paixões e defeitos dos seres humanos. Associam-se aos elementos da natureza, de quem são produtos, já que nas lendas sempre ao desaparecer se fundem com um desses elementos.
As definições a seu respeito e as lendas africanas de onde eles se originam são várias, mas coincidem em alguns pontos básicos: Orisás são divindades intermediárias entre o Deus Supremo e o mundo terrestre, encarregados de administrar a criação e que se comuniquem com os homens através de vistosos e complexos rituais. As estórias sobre eles falam-nos de seres profundamente humanos em seu comportamento - arquétipos que encontram correspondência com várias mitologias, entre elas a greco-romana.
Existem duas correntes básicas que tentam explicar o aparecimento dos Orisás. Uma delas remonta a criação do universo. Antes de tudo havia o caos, até que um deus supremo - Olorum -, à semelhança do Deus católico, criou o universo, suas estrelas, planetas - o mundo material, enfim, que se separava, de maneira drástica, do que havia antes; o mundo imaterial ou sobrenatural. Para estabelecer seu controle sobre os seres que habitariam esses mundos (ou, especificamente, à Terra), Olorum criou os elementos, sendo cada um deles a forma material dos Orisás.
Outra maneira de se explicar o mesmo processo é menos mística; os Orisás seriam seres humanos importantes, donos de grande poder em vida, que morreram de maneiras incomuns, por meio de grandes acessos de cólera ou então de fulminante paixão. Essa sobrecarga de sentimento teria provocado uma espécie de derramamento da essência de cada ser, impedindo que eles assumissem a forma comum de todos os espíritos mortos, os eguns. Neste caso, tais espíritos se identificariam com um dos elementos da natureza.
Havia cerca de 600 Orisás na África, que se reduziram a 50 no Brasil; desses, apenas 16 são cultuados no Candomblé.
Levaremos sempre em consideração os que são nominados na linguagem yorubana.Existe uma subdivisão, entre os orisás, que os diferencia e identifica, de uma forma mais individual, mesmo dentro do seu grupo, que é denominado "qualidade" do orisá, cabe uma explicação mais aprofundada; cada pessoa tem um orisá individual, único e exclusivo, não existem dois orixás iguais em toda terra, e todos possuímos, o que chamamos de "cuia' , formada por sete orixás, sendo um principal, chamado de "frente" - o dono do Orí - , o segundo "ajuntó", os demais: "proteção", "carrego", "alicerce" e "cumieira". A cada orisá, as qualidades variam de acordo com a nação que se pratica (kêto, jêje, angola, ijesá, fon...), essas qualidades exprimem situações desses orisás, que podem ser, títulos honoríficos (caso de Sangô), tipos de animais, lugares, situações, formas ... os sete orixás que formam a "cuia" de cada pessoa, com as suas mais diversas qualidades, formam entre si, uma combinação matemática, quase que infinita, o que propicia a cada indivíduo, um orixá único, sem outro igual.

 
Lendas Africanas
 
Pelas Lendas Africanas é que a Sabedoria dos Orisás é transmitida aos nossos adeptos,as nossas crianças e aqueles que querem um pouco do conhecimento milenar dos Deuses.Os Orisás são nossos mais remotos Ancestrais e nossos mais presentes Orientadores , fazendo parte do que trazemos na nossa bagagem.Os arquétipos dos Orisás são relacionados as manifestações da Natureza e em sua essência mais pura, assim como nós.
Por isso ,clicando em cada Orisá estarão entrando num mundo mágico de sabedoria,paixão e emoção e ao navegarem com os Deuses ,atentem para cada uma de suas estórias ,pois elas enriquecerão seu conhecimento e suas vidas para sempre.

AYABAS
 
De Ishedale às grandes heroínas

Conta a história que da linhagem da Princesa Ishedale nasceram deusas e ninfas, isto é, mulheres adoráveis pela beleza protetoras dos rios, bosques, matas e montes,  costumeiramente associadas às mulheres jovens, guerreiras e formosas, conhecidas na teogonia africana por Ayabas que em Yorubá significa ... rainha ou mulher do rei. Termo honorífico dado às divindades femininas da cultura Yorubana ...

baianas.gif

Yemanjá

Osun

Iansã / Oya

Ewá

Obá

 
Leia também sobre :

Iyami Osoronga

ABORÔS
 
Os Orisás Masculinos da Linhagem Yorubana fazem parte de um grupo de Guerreiros ,Reis e Heróis da época antiga e são detalhados a seguir:
ogun2.jpg

Esu

Obaluayie

Ogun

Sango

Ososi

Osain

Osumare

Logunede

Iroko

 
 
 
Leia também sobre :

Ajala e Ori

Erinle / Ibualama /Otim

Onile

Ibejis

Contatos: toc2000@hotmail.com