Make your own free website on Tripod.com

Taba de Oxossi Caador

Taba | A Criao | O Culto no Brasil | Os Oriss | Toques | Cantos | Ervas - Ew | Comidas de Orisa | Contato com o Oris | Aprenda Yoruba | Temas Interessantes | Tire suas dvidas | Dicas Naturais
Erinle / Ibualama /Otim

erinle.jpg

ERINLE

O culto de Ernl nasce no Odu de knrn Ogb. Seu culto est centrado ao redor do rio Ernl, um rio tributrio do rio sun, que atravessa a cidade de lob (Il b ou cidade de b), localizada ao sul da Nigria Ocidental, na estrada de Ogbomoso para Osogbo (est situada aproximadamente dez milhas a oeste de Osogbo). Ele a divindade patrona de lob. lob um centro de comrcio para o inhame, milho, mandioca, leo de dend, abbora, feijo, quiabo e est em uma rea de savana habitada principalmente pelos Yoruba. b um tipo de giz nativo (efun) e comestvel. usado para temperar comida e era um dos temperos principais, muito antes do sal, da mesma forma que o ar-bje (uma tintura azul comestvel) usado para temperar comidas como o ekuru ar.

Tido como filho de Ain, Ernl considerado por muitos como filho mtico de Yemoja e de Olokun. um rs caador, pescador e um mdico, por conta do seu grande conhecimento da floresta e da flora. Este rs, enquanto mdico dominou, antes que Osnyn, o poder da botnica. No incomum para os sacerdotes de Ernl carregarem um cajado (s) semelhante ao que carregam os sacerdotes de Osnyn e de If devido a importncia deles como curandeiros medicinais.

Sabe-se que ele conhece o poder curativo do Eja aro. Essa medicina nasce em knrn fn. O peixe seco (eja aro) conhecido em Nupeland e isso revelado pelo caminho de knrnsod descrito abaixo e na conexo entre Ernl e o exilado rei da Nupeland.

H muitas variaes no nome pelo qual Ernl conhecido. Assim, ele comumente conhecido como Ernl dentro de Egbado, Ernl em lob, Enl em Okuku. Em Cuba e Trinidad ele conhecido como Inl ou Ernl "Ajaja". Ajaja um ttulo honorfico que significa "Ele que come cachorro", "o que feroz". No Brasil, no Candombl Ketu, ele conhecido como Inl e ss Ibualama. Ernl quer dizer elefante (Erin) em-o-terra (il) ou terra-elefante.

Ernl considerado por alguns como uma divindade hermafrodita, mas ele adorado principalmente como uma divindade masculina em Yorbland. Ele pensado por alguns estudiosos como sendo o aspecto masculino de Yemoja Mojelewu. O que parece consenso que Ernl mora na floresta com os irmos Osnyn, gn e ss, no cultivo com rs Oko, nas guas com Yemoja, Otin e sun. A residncia verdadeira dele seria o ponto onde o rio encontra o oceano, onde docemente se misturam as guas doce e salgada.

No Candombl Ketu considerado que Ernl tem dois caminhos ou aspectos. Um aspecto considerado um velho caador, ss Ibualama. O outro caminho mais jovem e mais delicado e bonito, normalmente chamado Inl.

Na tradio Lukumi, Ernl acompanhado por Ibojuto e Abtn. Abtn (ou Abt = pntano) a divindade da baixada. Abtn normalmente considerado como a companheira feminina de Ernl mas alguns reconhecem Abtn como masculino. Quando Ernl assentado dentro da cerimnia de iniciao, Abtn tambm assentada. Ela tem canes e ork separados. Abtn come com Ernl e participa de todas as suas oferendas e sacrifcios.

Ernl seria acompanhado por Abtn, sua contraparte feminina. Duas divindades que se unem como um, embora distintos, eles funcionam juntos, como uma unidade. H um equilbrio, dando uma viso instantnea do carter de Ernl, uma mistura perfeita de energias masculina e feminina.

Alm disso, na tradio Lukumi, considera-se que a familia de Ernl se compe de: Abtn - sua esposa, Boyuto - guardio de Ernl e Abtn, Otin - filha de Ernl e Abtn, Jobia - filho de Asipelu, ajudante de Ernl, Olgn d (Lgn d), o "senhor" (dono) do medicamento (medicina) de d - filho de Ernl com Osun, e, por ltimo, Asao - duplo de Ernl. Na Nigria, Ernl tem muitas manifestaes ou caminhos, conhecidos como ib: Ojt, lamo, Owl, Abtn, ymkn, n. o ork de cada ib que distingue entre os caminhos diferentes ou manifestaes de Ernl, como um se apresentando na sua coragem, outro como um caador, outro ainda no poder presente na profundidade do rio. So cantados ork individuais a Ernl no seu festival anual da mesma forma como tambm so invocados coletivamente.

O awo - ota - Ernl ou otun Ernl, o nome dos recipientes usados dentro do culto de Ernl (em Okeho adicionalmente conhecido como aawe - Ernl, onde tem uma forma totalmente diferente das encontradas em lob e na maior parte da Yorbland). Potes fechados que guardam pedras e gua so predominantemente associadas com divindades fluviais femininas, como aqueles encontrados nos cultos de Yemoja e sun. O awo - ota - Ernl o recipiente tradicional para guardar os ota de Ernl. Sacerdotes de Ernl danam em procisso como parte do festival anual de Ernl em muitas partes de Nigria. Para o festival, sacerdotes trazem com eles o prprio awo - ota - Ernl para o festival no rio de lob. Quando a possesso acontece, Ernl dana com o awo - ota - Ernl colocado no alto da cabea.

O p rr (osu/cajado com o pssaro de ferro) de Ernl a representao para os seus seguidores da importncia de Ernl como curandeiro. A divindade mais amplamente conhecida com o mesmo smbolo Osnyn. O cajado feito de ferro. Sempre mantido em p. Pssaros de ferro empoleiram-se no topo. A maioria dos exemplos mostra um grande pssaro central cercado por pssaros menores. No h diferenas significativas entre os cajados de Ernl e de Osnyn encontrados na Nigria, cada cajado uma pea autorizada e nica e assim os estilos variam imensamente. Porm h dois desenhos comuns do cajado de Osnyn feitos dentro da perspectiva dos awo em Yorbland. comum se ver um cajado relativamente curto com um grande pssaro em seu topo e com 16 pssaros menores, em um arranjo circular, que olham para o pssaro mais alto, central. L tambm pode ser encontrado um p/osu Osnyn alto, com um s e nico pssaro e quatro cones de metal invertidos, as aberturas deles coberta por disco de metal para guardar medicamentos; seguro levemente na parte mais baixa do cajado (este cajado tambm encontrado na tradio Lukumi, sua especificao considerada um requisito de Od).

Deve ser acentuado que os cajados de Ernl e Osnyn nas terras Yorb so encontrados em muitas variaes no nmero de pssaros, formas e estilos. Foi sugerido que os 16 pssaros menores representam a divindade Od e os Old de adivinhao. As curvas graciosas destes pssaros estticos tambm podem ser confundidas com um agrupamento permanente de folhas de metal. Tais folhas, que no morrem, so uma lembrana visual forte para Osnyn e os medicamentos de Ernl!

O pssaro de coroamento , segundo muitos, um smbolo do poder sobre/pacto de Osnyn e Ernl com as ymi. So os medicamentos herbrios de Ernl e Osnyn que podem neutralizar ou contrapor-se aos ataques pelos aspectos negativos de ymi. Eleye significa "mulheres que possuem e so pssaros", sendo os pssaros os mensageiros de j/ymi. Estes mensageiros tambm podem ser vistos em muito da estaturia religiosa e do simbolismo real, como por exemplo, no alto da coroa dos Oba. ymi em essncia o se/awo feminino primordial, que pode ser potencialmente benfico ou malfico (em condies judiciosas). Os smbolos de pssaro lembram aos lderes e congregaes que ningum est acima das foras invisveis que precisam ser apaziguadas. As ymi representam a gnese, as guardis e as doadoras do se na terra.

Boyuto ou Ibojuto encontrado em todos os santurios Lukumi para Ernl. descendente do p Ernl encontrado entre os Yorb. Boyuto leva seu nome de uma das qualidades ou caminhos de Ernl. Esta qualidade de Ernl est ligada a profundidade impressiva do rio Ernl. dito que nesta profundidade encontrado o reino mtico de Ernl, chamado Ode Kobaye. "Esta profundidade escura do redemoinho chamado Ojuto. Acredita-se assim, profundamente, que as duas casas histricas (il pts) teriam sido tragadas para cima (emergido) dentro das correntes coloridas de ndigo. Do fundo do ibu Ojuto, assim acreditado, bandos (escoltas) de pombos voam para acima das guas e desaparecem no ar." (Baba Erinl de lob falando com R. F. Thompson no local de rio Ernl, em lod, 1994). Boyuto ou Ibojuto tambm conhecido comumente com osu de Ernl.

knrn Ogb - O nascimento do culto de Ernl

Um Itan do Odu nknrn Ogb conta a histria de um homem Npe (Tp) com o nome de yn que veio para a regio de lob. Ele era o herdeiro da coroa em sua terra natal porm devido a algumas manobras polticas o ttulo lhe foi usurpado e ele foi forado a fugir da cidade - ele teria sido morto para destruir a possibilidade de qualquer reivindicao futura coroa.

yn veio para lob para caar e ajudar a um caador nativo que tinha uma estranha aparncia. O amigo percebeu que yn, embora mostrando-se apto nas habilidades da caa e agudo em aprender todos os segredos possveis, no vivia sua vida conforme um caador. yn contou sua histria para o amigo caador. O amigo era Ernl mas ele no o conhecia pelo nome porque os caadores no mencionam nomes no mato para no serem afetados por nenhum dos espritos animais. Caadores referem-se uns aos outros simplesmente como w. Ernl, por seu turno, contou para yn sobre sua casa, um palcio que ele tinha embaixo da terra. Ele golpeou o cho com a palma de sua mo, a terra abriu-se e os dois desceram para o palcio subterrneo.

Ernl tinha estado caando por um longo tempo e, assim, ele decidiu fazer um pacto com yn. Ernl prometeu para yn um nova coroa para recompens-lo pelo ttulo que ele havia perdido em sua terra natal. Ele disse para yn que, por tanto tempo quanto ele continuasse a lhe trazer comida de caa, ele o compensaria com um ttulo novo. Ernl tambm prometeu que a guerra nunca afetaria o reino dele. Ernl e yn consolidaram seu pacto e Ernl retirou-se para seu palcio na terra. Ele disse para yn que se ele precisasse dele novamente deveria cham-lo golpeando a terra com a palma da sua mo. yn nunca mais viu seu amigo novamente.

yn construiu sua casa l e logo outros caadores vieram viver com ele, seguidos por fazendeiros. Uma cidade tinha sido estabelecida e eles consultaram If. Os adivinhos lanaram knrn Ogb e rnml disse: ire! Desde esta poca a cidade de lob nunca foi invadida ou afligida por guerra, mesmo durante o tumultuoso sculo dezenove, marcado por muitos anos de conflitos civis na Yorbland.

w ti Ernl fi sodi o
Ns cultuamos Ernl dentro de nossa fortaleza,
o w ti Ernl fi sodi
Ns cultuamos Ernl dentro de nossa fortaleza,
o Ogun j j
A guerra no pode nos atacar,
Kgun jlob
A guerra no pode nos atacar e afetar Lob.
w ti Ernl fi sodi
Ns cultuamos Ernl dentro de nossa fortaleza, o.

Porque a guerra e a escravizao tiveram pouco efeito sobre o povo de lob a fama de Ernl espalhou-se atravs da Yorbland e o seu culto foi a partir da estabelecido, expandindo-se alm de sua regio de origem.

2002 - Todos os direitos reservados para

IOC - INSTITUTO ORUNMILA DE CULTURA

IBUALAMA 

Ibualama um Orix proveniente de Efan(Ijex).

Numa guerra entre Efan e Ketu, Efan foi derrotada e Ibualama foi levado Ketu passando a ser cultuado por seus moradores,ao lado de Oxossi .

Ibualama significa "gua profunda".

Ele o Pai de Logun-Od cuja me Oxum Aponda ,portanto toda a Famlia oriunda de Efan.

Ibualamo um orix da familia dos Od  e seu culto esta ligado a Obaluaiye e Oxal. Segura na mo duas Ibilal,e traz Of e Ogue pendurados como simbolos de caa. No Brasil seu culto acontece em Dezembro, e separado do culto de Oxossi que realizado no dia de Corpus Christi.
Usa muitos bzios e palha da costa em suas indumentrias. Seus animais sagrados incluem o porco e todos os animais ligados caa e pesca. Prata o seu metal preferido.

ode_e_otim.jpg

Otim
 
Embora no Rio Grande do Sul se cultue Otim como feminina, ela participa em conjunto em toda a obrigao de Od. Seu dia da semana segunda feira, sua conta 7 e sua cor azulo, azul e branco. Sua saudao : Ok - okebamo - okebambo.
No Batuque, Otim cultuado junto com Od. So os protetores das matas e dos animais silvestres e selvagens. Os filhos de Otim so quase inexistentes, pois na Mitologia, Otim no teve filhos na terra, dando assim as cabeas dos filhos para Od. Com o passar dos tempos j se nota a existncia de filhos de Otim, caso raro e absurdo para muitos Pais-de-Santo.

Contatos:  toc2000@hotmail.com